16/01/2019

Você sabe o que é turismo de experiência?

Hoje em dia, muitos turistas optam por essa forma de passeio. Assim, além de usufruir de dias de descanso, eles também aproveitam a viagem para conhecer mais sobre a gastronomia, cultura e costumes do local.

Quer saber mais? Continue a leitura e confira o texto que preparamos com informações sobre o assunto e dicas para você realizar um turismo de experiência!

Turismo de experiência

Esse estilo de turismo já existe há muitos anos. No exterior, alguns roteiros famosos envolvem a participação da colheita de azeitonas em Portugal ou na Itália, curso de gastronomia com chef francês, rotas gastronômicas por Paris, entre outras atividades.

No Brasil, o turismo de experiência teve início em 2006 a partir de uma iniciativa do Ministério do Turismo e do Sebrae que implantaram o projeto experimental no Rio Grande do Sul. O objetivo era divulgar a região da uva e do vinho e demonstrar os diferenciais do destino. O projeto fez sucesso com os visitantes e se expandiu para outros locais do país.

Esse formato de viagem vai além da visita aos cartões-postais da cidade e aos tradicionais city tours, pois incentiva o turista a se aprofundar na região e conhecer um pouco mais da realidade dos moradores, da cultura e dos costumes locais.

A modalidade é vantajosa para o turista — que tem a chance de explorar melhor o destino e vivenciar novas experiências, e isso é válido tanto para quem já conhece a cidade como para quem está indo pela primeira vez — e para a comunidade, visto que a atividade movimenta a economia do local.

Quem pode fazer turismo de experiência

O turismo de experiência é voltado para viajantes de todas as idades que tenham interesse em investir em uma nova forma de viagem, priorizando atividades que envolvam imersão em temas como história, cultura, gastronomia etc. Além disso, também é possível unir essa modalidade a atividades de aventura ou experiências ecológicas como passeios de balão, trilhas, cavalgadas, entre outras ideias.

Contudo, antes de definir o roteiro, é importante avaliar se ele será adequado ao perfil dos viajantes. Atividades que envolvam longas caminhadas, ou passeios de bike, por exemplo, podem não ser recomendadas para crianças ou pessoas que tenham dificuldade de locomoção. Entretanto, há diversos tipos de passeios e você pode criar roteiros personalizados para adequar a viagem ao perfil do grupo.

Roteiros brasileiros para esse estilo de viagem

Há diversos locais no Brasil para visitar e ter experiências gastronômicas, vivenciar a cultura local, entre outras atividades. Abaixo, separamos algumas sugestões para lhe inspirar. Confira!

Vale dos Vinhedos

Esse é um bom destino para quem deseja realizar o turismo de experiência. O Vale dos Vinhedos fica na Serra Gaúcha e o seu principal destino é Bento Gonçalves, a cerca de 120 km de Porto Alegre. Por lá, você encontrará diversos roteiros que incentivam a imersão na cultura italiana, que é bastante forte na região.

Uma das atrações é a Vindima, que acontece durante a colheita da uva, nos meses de janeiro, fevereiro e março. Na atividade os visitantes podem andar pelas parreiras, participar da colheita e da pisa da uva. Alguns locais também oferecem o merendim (lanche dos imigrantes italianos com queijos, pães e uvas), piquenique nas parreiras, visitação em vinícolas e jantares.

Vale do Jequitinhonha

Localizado no norte do estado de Minas Gerais, o Vale do Jequitinhonha tem uma importante produção artesanal. O trabalho com peças de couro, esculturas em madeira, cerâmica, bordado e outras técnicas manuais garante o sustento das famílias da região.

O turismo de experiência nesse local permite conhecer melhor a realidade da comunidade e favorece a troca de conhecimento por meio de conversas com os moradores, jantares, oficinas de modelagem e de cerâmica, entre outras atividades.

Segredos e temperos da Amazônia

Uma viagem pela região já será uma experiência e tanto, mas esse roteiro tem como foco o turismo de experiência gastronômico e cultural, além disso, permite que o visitante conheça um pouco mais do cotidiano dos moradores.

O passeio inclui a visita ao Mercado Ver-o-Peso, importante área de compras em Belém, que fornece uma experiência multissensorial com as cores, sabores e cheiros de frutas e temperos regionais.

Além dessa atração, os turistas ainda têm a chance de conhecer o Ilha de Cotijuba, onde será possível apreciar um jantar caseiro, participar de oficinas e conhecer mais sobre a culinária amazônica e a produção de biojoias.

Bonito

Se o objetivo for unir turismo de experiência e aventura, Bonito, no Mato Grosso do Sul, é um ótimo local para isso! No local, o turista poderá fazer passeios em meio a natureza, provar a culinária do cerrado entre outras atividades.

A contemplação da natureza no Buraco das Araras, as trilhas, as visitas às cachoeiras e a observação de pássaros são alguns dos atrativos do destino que, sem dúvida, ficarão na memória dos viajantes.

Costa do Descobrimento

O roteiro pode ser feito em uma viagem solo, em grupo ou com a família. A Costa do Descobrimento é considerada Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, devido a sua importância histórica e cultural, visto que a região foi ponto de chegada das caravelas portuguesas.

Ela fica no sul da Bahia e inclui destinos como Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Belmonte, entre outros. Por lá é possível ver construções do século XVII e saber mais sobre a história do Brasil. Além disso, você poderá apreciar belas paisagens, ir a lindas praias, provar a culinária regional, praticar esportes aquáticos e pesca, fazer passeios de barco, visitar comunidades indígenas, entre outras atividades.

O turismo de experiência é uma forma de diversificar a viagem. Ao investir em passeios alternativos para explorar o destino você terá a oportunidade de viver experiências únicas, que estimulam a integração com o local, os sentidos e as emoções.

Gostou das dicas sobre turismo de experiência? Quer receber outros conteúdos sobre viagem? Assine a nossa newsletter e receba as próximas publicações!

 

,