09/10/2018

Destinos nacionais em baixa temporada: o que devo considerar?

Quem tem a chance de visitar os locais de encontro na baixa, é uma opção de hospedagem mais alta, melhor custo benefício, entre outros atrativos.

A baixa temporada é caracterizada por uma queda de número de passagens entre março e novembro, com exceção das férias de julho e feriados. Então, você tem muita chance de sair de férias ou tirar uma folga em seu período, há grandes chances de conseguir aproveitar melhor o passeio.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a ler e visualizar algumas dicas para planejar sua próxima viagem ! 

Quais são as vantagens de viajar na temporada baixa?

Custo-benefício com transporte aéreo

O principal atrativo da viagem em baixa temporada é o custo-benefício com o transporte aéreo. Como a procura é mais baixa, como é costume ter um valor mais atrativo. Se for para o passeio em uma data data, com partida e retorno durante uma semana, por exemplo, uma economia pode ser ainda maior.

Economia no valor dos

O valor de entrada em museus, parques e outros atrativos turísticos, em geral, é o mesmo ao longo de todo o ano. Contudo, em algumas regiões, pode haver diferença no preço dos serviços de transferência e aquisição de barco, lancha, bolsa etc, sendo possível negociar ou valorizar os preços locais e mais interessantes.

Tranquilidade na viagem

Muitas pessoas aproveitam as férias escolares e coletivas para viajar com a família e amigos, o que aumenta o número de pessoas em pontos turísticos, restaurantes e hotéis e exige uma organização antecipada da viagem.

Por outro lado, ao visitar destinos nacionais em baixa temporada, você perceberá uma quantidade menor de turistas, o que facilitará a organização do passeio e o deslocamento aéreo ou terrestre.

Esse período também aumenta a tranquilidade durante a viagem, já que possibilita curtir praias mais vazias e visitar pontos turísticos sem filas enormes.

Melhoria no padrão da viagem

Conhecer destinos nacionais em baixa temporada pode representar uma melhoria no padrão da viagem.

Devido à procura ser menor, você conseguirá escolher hotéis com uma melhor infraestrutura sem grande concorrência. Além disso, com a economia em alguns itens, será possível incluir novos passeios e restaurantes no roteiro sem ultrapassar o orçamento definido.

Facilidade no deslocamento

Quem já viajou nas férias escolares e durante os feriados sabe que é preciso paciência durante o deslocamento, seja aéreo ou terrestre.

Em épocas de grande movimentação, é comum haver filas para check-in, trânsito em estradas e pedágios, entre outras situações. Sendo assim, ao optar pela baixa temporada, você evita esses e outros problemas durante o seu descanso.

Fotografias

Você está no grupo de pessoas que ama tirar foto durante um passeio? Essa é outra vantagem para conhecer destinos nacionais em baixa temporada! Como o número de turistas é menor, você terá a chance de escolher os melhores ângulos para a foto, sem correr o risco de alguém atrapalhar o clique perfeito.

Como planejar a viagem em baixa temporada?

Diferentemente da alta temporada — em que é necessário planejar a viagem com meses de antecedência para reservar hotéis e passagens —, o planejamento para passeios em épocas de baixa procura pode ser feito em um intervalo menor.

No entanto, isso não quer dizer que a organização deve ser realizada em cima da hora. Para montar um roteiro adequado à família, a recomendação é que o planejamento seja feito com, pelo menos, um mês de antecedência. Veja algumas dicas!

Pesquise os destinos

A escolha do destino ideal deve considerar o perfil e os interesses dos membros da família (se preferem locais de praia, montanha, aventura, campo etc), o orçamento disponível e o mês no qual pretendem viajar, já que alguns locais podem ser frios ou chuvosos, dependendo da época do ano.

Algumas sugestões de destinos para viagem em família são:

Analise o local escolhido

A época de baixa temporada pode variar em algumas regiões. Esse é o caso de destinos de inverno, como Campos do Jordão e Gramado, nos quais a procura de turistas costuma ser maior nos meses de maio e junho. Por isso, é importante considerar esse fator.

Outra recomendação é verificar se não há feriados municipais, estaduais ou grandes eventos na data escolhida, o que também pode aumentar a movimentação de visitantes.

Pesquise sobre a temperatura

Outro ponto significativo é avaliar a temperatura do local desejado. Cidades do nordeste são um dos destinos preferidos das famílias para viajar em época de baixa temporada, pois o clima, geralmente, é agradável durante o ano todo.

Já quem gosta de frio, pode aproveitar o mês de agosto, por exemplo, para visitar Gramado, a Serra Gaúcha, entre outras regiões.

Verifique a infraestrutura do local

Alguns estabelecimentos podem ficar fechados em períodos de baixa temporada. Sendo assim, analise esse fator para não correr o risco de viajar para um destino afastado e não encontrar opções variadas para alimentação, por exemplo.

Monte o roteiro da viagem

Aproveite a visita aos destinos nacionais em baixa temporada para conhecer os pontos turísticos e outros atrativos nas proximidades. Pesquise as atrações da cidade, passeios em regiões próximas, veja se será necessário alugar um carro e defina o roteiro.

Para uma viagem em família, uma dica para que todos fiquem satisfeitos é incluir atividades variadas no roteiro, voltadas para adultos e crianças.

Reserve a hospedagem e o transporte

Se a viagem incluir transporte aéreo, reservar passagens com antecedência é positivo para encontrar horários mais convenientes e aproveitar promoções. Também é importante analisar a hospedagem com algumas semanas de antecedência para avaliar as opções disponíveis e escolher a mais adequada.

Conhecer destinos nacionais em baixa temporada é uma excelente estratégia para aproveitar dias de tranquilidade e ainda viajar com um bom custo-benefício. Portanto, se você tiver um tempo livre durante esse período, aproveite para organizar uma viagem!

Gostou do texto? Quer outras dicas sobre o assunto? Siga as nossas redes sociais para acompanhar todos os conteúdos: estamos no Facebook, Instagram e Twitter!