14/03/2019

8 cuidados na hora de adquirir um consórcio

Comprar um carro novo, reformar o que fazer, o sonho da casa, são suas necessidades comuns que aparecem com o decorrer dos anos. Mas, infelizmente, nem sempre é possível o pagamento à vista.

Sendo assim, muitos  brasileiros estão optando por mais alternativas  para conquistar bens de alto valor. Uma boa escolha são os consórcios, que são prestações mais baixas e sem juros. No entanto, é necessário tomar alguns cuidados para que o consorciado não saia em desvantagem.

Neste artigo, você vai conhecer alguns pontos que merecem uma atenção na hora de adquirir um consórcio. Confira algumas dicas para salvar sua compra com mais segurança!

 

1. Verifique a credibilidade da empresa escolhida

É preciso que o consumidor tenha cuidado com as empresas que se declaram populares em consórcios, mas na verdade não são. Por isso, a dica é favorita de se manter no mercado e se certificar de que a organização tem um registro no Banco Central (Bacen).

O Bacen é o órgão responsável por fiscalizar o Sistema de Consórcios do Brasil. Fuja das empresas sem registro, pois isso é um sinal de golpe ou fraude.

Esta consulta pode ser feita on-line na  página oficial da instituição . No mesmo site, você também deve conferir o ranking das empresas que mais acolheram reclamações de seus consorciados no país. Outros sites especializados, como o  Reclame Aqui , também é útil para um parâmetro para ajudar na decisão.

 

2. Leia todo o contrato de adesão

Ler atentamente e compreender todo o processo de adesão é um documento importante que define as regras de consolidação do consórcio. As regras específicas de ambas as partes devem seguir-se à questão do grupo.

Outros fatores importantes a serem analisados são os dados cadastrais da empresa, do consorciado e a sua forma de contemplação, que pode ser sorteio ou lance. Ela precisa estar explícita no contrato para que tenha validade. O mesmo vale para o tipo de pagamento (realizado com recursos do contratante ou por meio de desconto do valor na carta de crédito).

É importante lembrar que, de acordo com Código de Defesa do Consumidor, o consorciado tem direito ao arrependimento de compra até 7 dias após a assinatura do contrato, caso a adesão tenha ocorrido fora do estabelecimento. Essa desistência não deve implicar em multas nem cobranças para o cliente.

No entanto, para a desistência e recebimento imediato dos recursos, o consorciado não pode ter participado de sua primeira assembleia no grupo. Caso contrário, a devolução dos valores se dará conforme a lei do consórcio (11.795).

 

3. Analise sua disponibilidade financeira

Para conseguir uma carta de crédito, é fundamental que você honre com o pagamento de suas parcelas (incluindo as taxas de serviço) sempre em dia. Para isso, é preciso ter comprometimento e organização financeira.

Uma dica é elaborar uma planilha de gastos e colocar no papel todos os custos fixos, estabelecendo quanto será necessário para pagar as mensalidades e ter uma pequena poupança para o lance. Neste momento é importante ter em mente que as suas expectativas devam estar alinhadas à duração do contrato.

Muitas vezes, a aquisição do bem desejado não acontece imediatamente, por isso pode ser necessário esperar um pouco para sair do aluguel ou dirigir um carro novo.

 

4. Faça uma comparação de benefícios

Não tenha pressa ao pesquisar condições e benefícios oferecidos por administradoras diferentes. Observe as que exigem menos garantias para a concessão do crédito, verifique o número de sorteios que serão realizados, taxas de administração, entre outros.

Outra dica para evitar problemas ou golpes é desconfiar sempre de anúncios "vantajosos" demais, com valores muito abaixo do comum ou benefícios exagerados.

 

5. Converse com o vendedor e tire todas as suas dúvidas

Além de pesquisar sobre a empresa, também é necessário verificar se o vendedor é um representante oficial ou trabalha para uma administradora autorizada. Preste muita atenção nas informações que ele oferece para a aquisição do consórcio e suas vantagens.

Para isso, analise o seu conhecimento sobre as regras vigentes no contrato e o que deve ser feito em caso de imprevistos. Tire todas as suas dúvidas e desconfie das promessas de contemplação rápida. A seriedade do vendedor também é importante para compreender a credibilidade da empresa com a qual você está negociando.

 

6. Separe o patrimônio e afetação

A administradora e o patrimônio feito pelo consórcio devem ser separados porque, caso a empresa tenha qualquer tipo de envolvimento judicial que possa comprometer o seu vínculo com a administração, você certamente terá algumas dores de cabeça e prejuízos na hora de receber o bem desejado. 

Sendo assim, não se esqueça de contatar a empresa e não tenha medo de perguntar sobre este aspecto. Organizações com risco de falência devem ser evitadas a todo custo.

 

7. Considere os possíveis reajustes

Apesar de não contar com a incidência de juros típica dos empréstimos ou financiamentos, os consórcios podem apresentar algum tipo de acréscimo e você deve estar financeiramente preparado para lidar com ele.

Isso acontece porque, para manter o poder de compra da carta de crédito, seu valor sofre reajustes anualmente, que devem estar de acordo com o Índice Nacional de Custo de Construção (INCC). Sendo assim, as parcelas também são reajustadas.

Apesar do valor ser bem menor do que o peso dos juros, vale a pena calculá-lo com antecedência e se planejar para não lidar com surpresas desagradáveis no futuro.

 

8. Acompanhe das assembleias

Após a escolha do seu consórcio, não deixe de acompanhar as assembleias para ficar por dentro das movimentações do seu negócio. Além de ficar ciente das contemplações do seu grupo, o consorciado também poderá reportar qualquer inconsistência que encontre, uma vez que a administradora está sujeita à fiscalização do Banco Central e pode até mesmo ser submetida a processo administrativo.

Como você pode perceber, comprar um consorcio é prestar atenção, pois há uma série de fatores que podem ser considerados no momento da escolha. No entanto, tomar os devidos cuidados e realizar uma análise criteriosa, é possível encontrar a melhor opção para realizar a sua compra sem prejudicar as finanças.

Para obter seu conteúdo, conte com a Bancorbrás. Há mais de 35 anos no mercado oferecendo o crédito ideal para uma realização de compras sem juros! Entre em contato conosco  e faça uma simulação!

,